25/12/2010

Jesus era peripatético

 

Assunto: Jesus era peripatético - por Max Gehringer - publicado na Revista VOCÊ S/A.

 

Numa das empresas em que trabalhei, eu fazia parte de um grupo de treinadores voluntários. Éramos coordenados pelo chefe de treinamento, o professor Lima, e tínhamos até um lema: "Para poder ensinar, antes é preciso aprender" (copiado, se bem me recordo, de uma literatura do Senai).

Um dia, nos reunimos para discutir a melhor forma de ministrar um curso para cerca de 200 funcionários.

Estava claro que o método convencional de botar todo mundo numa sala não iria funcionar, já que o professor insistia na necessidade da interação, impraticável com um público daquele tamanho. Como sempre acontece nessas reuniões, a  imaginação voou longe do objetivo, até que, lá pelas tantas, uma colega propôs usarmos um trecho do Sermão da Montanha como tema do evento.

E o professor, que até ali estava meio quieto, respondeu de primeira.

Aliás, pensou alto:

 

- Jesus era peripatético...

 

Seguiu-se uma constrangida troca de olhares, mas, antes que o hiato pudesse ser quebrado por alguém com coragem para retrucar a afronta, dona Dirce, a secretária, interrompeu a reunião para dizer que o gerente de RH precisava falar urgentemente com o professor.

E lá se foi ele, deixando a sala à vontade para conspirar.

- Não sei vocês, mas eu achei esse comentário de extremo mau gosto disse a Laura.

- Eu nem diria de mau gosto, Laura. Eu diria ofensivo mesmo emendou o Jorge, para acrescentar que estava chocado, no que foi amparado por um silêncio geral.

- Talvez o professor não queira misturar religião com treinamento ponderou o Sales, que era o mais ponderado de todos.

- Mas eu até vejo uma razão para isso...

- Que é isso, Sales? Que razão?

- Bom, para mim, é óbvio que ele é ateu.

- Não diga!

- Digo.. Quer dizer, é um direito dele. Mas daí a desrespeitar a religiosidade alheia...

Cheios de fúria, malhamos o professor durante uns dez minutos e, quando já o estávamos sentenciando à fogueira eterna, ele retornou.

Mas nem percebeu a hostilidade. Já entrou falando:

- Então, como ia dizendo, podíamos montar várias salas separadas e colocar umas 20 pessoas em cada uma. É verdade que cada treinador teria de repetir a mesma apresentação várias vezes, mas... Por que vocês estão me olhando desse jeito?

- Bom, falando em nome do grupo, professor, essa coisa aí de peripatético, veja bem...

- Certo! Foi daí que me veio a idéia. Jesus se locomovia para fazer pregações, como os filósofos também faziam, ao orientar seus discípulos. Mas Jesus foi o Mestre dos Mestres, portanto a sugestão de usar o Sermão da Montanha foi muito feliz. Teríamos uma bela mensagem moral e o deslocamento físico... Mas que cara é essa?... Peripatético quer dizer "o que ensina caminhando".

E nós ali, encolhidos de vergonha.

Bastaria um de nós ter tido a humildade de confessar que desconhecia a palavra que o resto concordaria e tudo se resolveria com uma simples ida ao dicionário.

Isto é, para poder ensinar, antes era preciso aprender.

Finalmente, aprendemos. Duas coisas:

 

1º: O fato de todos estarem de acordo não transforma o falso em verdadeiro.

2º: A sabedoria tende a provocar discórdia, mas a ignorância é quase sempre unânime.



Escrito por Arquimedes às 23h27
[] [envie esta mensagem] []



18/10/2010

Atalhos

 

Quanto tempo a gente perde na vida?

 

Se somarmos todos os minutos jogados fora, perdemos anos inteiros. Depois de nascer, a gente demora pra falar, demora pra caminhar, aí mais tarde demora pra entender certas coisas, demora pra dar o braço a torcer.

 

Viramos adolescentes teimosos e dramáticos. Levamos um século para aceitar o fim de uma relação, e outro século para abrir a guarda para um novo amor, e já adultos demoramos para dizer a alguém o que sentimos, demoramos para perdoar um amigo, demoramos para tomar uma decisão.

 

Até que um dia a gente faz aniversário. 37 anos. Ou 41. Talvez 48. Uma idade qualquer que esteja no meio do trajeto. E a gente descobre que o tempo não pode continuar sendo desperdiçado. Fazendo uma analogia com o futebol, é como se a gente estivesse com o jogo empatado no segundo tempo e ainda se desse ao luxo de atrasar a bola pro goleiro ou fazer tabelas desnecessárias. Que esbanjamento. Não falta muito pro jogo acabar. É preciso encontrar logo o caminho do gol.

 

Sem muita frescura, sem muito desgaste, sem muito discurso. Tudo o que a gente quer, depois de uma certa idade, é ir direto ao assunto. Com exceção do sexo, onde a rapidez não é louvada, pra todo o resto é melhor atalhar. E isso a gente só alcança com alguma vivência e maturidade.

 

Pessoas experientes já não cozinham em fogo brando, não esperam sentados, não ficam dando voltas e voltas, não necessitam percorrer todos os estágios. Queimam etapas.. Não desperdiçam mais nada.

 

Uma pessoa é sempre bruta com você? Não é obrigatório conviver com ela.

 

O cara está enrolando muito? Beije-o primeiro.

 

A resposta do emprego ainda não veio? Procure outro enquanto espera.

 

Paciência só para o que importa de verdade. Paciência para ver a tarde cair. Paciência para sorver um cálice de vinho. Paciência para a música e para os livros. Paciência para escutar um amigo. Paciência para fazer amor. Paciência para aquilo que vale nossa dedicação.

 

Pra enrolação...atalho!!!!!!

 

O PODER DE UM TELEFONEMA...

 

O cara liga pra casa numa tarde para saber o que a esposa vai fazer para o jantar.

- Alô? - diz uma vozinha de criança.

- Oi, querida, é o papai. Mamãe está perto do telefone?

- Não, papai. Ela está lá em cima no quarto com o tio Chico.

Após alguns segundos, o cara diz:

- Mas querida, você não tem um tio chamado Chico!!!

- Sim, eu tenho! E ele está lá em cima no quarto com a mamãe.

- Tá bom, então quero que você faça o seguinte: suba correndo as escadas, bata na porta do quarto,  e grite para a mamãe e para o tio Chico que meu carro acabou de parar na frente de casa.

- Tá legal, papai.

Alguns minutos depois, volta a menina:

- Eu fiz o que você disse, papai.

- E o que aconteceu?

- Bem, a mamãe pulou da cama pelada e começou a correr pelo quarto gritando, tropeçou no tapete

 e caiu pela janela da frente, e agora ela está morta...

- Oh, meu Deus!!! E o tio Chico?

- Ele pulou da cama pelado também, estava muito assustado, e pulou pela janela do fundo para dentro da piscina,

 mas ele não sabia que você esvaziou a piscina na semana passada para limpar, daí ele bateu a cabeça no fundo dela, e agora está lá, morto também...

Uma longa pausa, e o cara diz:

- Piscina??? Por acaso o telefone dai é 3555-0739???

- Não!

- Desculpe, foi engano!!!



Escrito por Arquimedes às 23h26
[] [envie esta mensagem] []



11/12/2010

MINEIROS...

 

NUDEZ MINEIRA

 - Cumpadre, u quê quiocê acha desse negóço de nudez?

 - Acho bão, sô!

 - Ocê acha bão purcaus diquê, cumpadre?

 - Uai! É mió nudês do que nunósso, né mesmo?

 

DIPROMA

 - Diproma, vai falar para sua avó trazer um cafézim aqui pra visita!

 - Mas que nome engraçado tem esse menino!! É seu parente?

 - É meu neto! Eu chamo ele assim porque mandei a minha filha estudar em Belzone e ela voltou com ele!

 

TRAIÇÃO À MINEIRA

 - Carzeduardo, sua muié tá te traino co Arcide.

 - Magina!! Ela num trai eu não. Cê tá inganado, sô.

 - Carzeduardo! Toda veiz qui ocê sai pra trabaiá, o Arcide vai pra sua casa e  prega ferro nela.

 - Duvido! Ele não teria corage.....

 - Mais teve! Pode confiri.

 Indignado com o que o amigo diz, o Carzeduardo finge que sai de casa, sesconde  dentro do guarda-roupa e fica olhando pela fresta da porta.  Mais tarde, ele  encontra com o amigo e então, o Carzeduardo relata cabisbaixo:

 - Foi terrive di vê!!!... ele jogou ela na cama, tirou a brusa... e os peito  caiu....tirou a carcinha...e a barriga e a bunda dispencaro......... tirou as meia...e apariceu  aquelas varizaiada toda, as perna tudo cabiluda. E eu dentro  do guarda roupa, cas mãos no rosto, pensava: 'Ai...qui vergonha que tô do  Arcide!!!'

 

UAI SÔ

Um mineirinho , passando por New York, pega uma americana e parte para os finalmentes. Durante a relação, a americana fica louca e começa a gritar:

 - Once more, once more, once more.....(tradução de once more: 'mais uma vez')

 - Beozonte, Beozonte, Beozonte.....

 

O EMPRESÁRIO E O MINEIRIM

 Num certo dia, um empresário viajava pelo interior de Minas. Ao ver um peão  tocando umas vacas, parou para lhe fazer algumas perguntas:

 - Acha que você poderia me passar umas informações?

 - Claro, sô!

 - As vacas dão muito leite?

 - Qual que o senhor quer saber: as maiáda ou as marrom?

 - Pode ser as malhadas.

 - Dá uns 12 litro por dia!

 - E as marrons?

 - Tamém uns 12 litro por dia!

 O empresário pensou um pouco e logo tornou a perguntar:

 - Elas comem o quê?

 - Qual? As maiáda ou as marrom?

 - Sei lá, pode ser as marrons!

 - As marrom come pasto e sal.

 - Hum! E as malhadas?

 - Tamém come pasto e sal!

 O empresário, sem conseguir esconder a irritação:

 - Escuta aqui, meu amigo! Por quê toda vez que eu te pergunto alguma coisa sobre  as vacas você me diz se quero saber das malhadas ou das marrons, sendo que é  tudo a mesma resposta?

 E o matuto responde:

 - É que as maiáda são minha!

 - E as marrons?

 - Tamém!



Escrito por Arquimedes às 23h26
[] [envie esta mensagem] []



 

INDO PARA A PESCARIA....

 - Então cumpade, tá animado?

 - Eu tô, home!

 - Ô cumpade, pro mode quê tá levano esses dois embornal?

 - É que tô levano uma pingazinha, cumpade.

 - Pinga, cumpade? Nóis num tinha acertado que num ia bebê mais?!

 - Cumpade, é que pode aparece uma cobra e pica a gente. Aí nóis desinfeta com a  pinga e toma uns gole que é pra mode num sinti a dô..

 - É... e na outra sacola, o que qui tá levano?

 - É a cobra, cumpade. Pode num tê lá...

 

MINEIRIM COMPRANDO PASSAGEM

 - Quero uma passage para o Esbui

 - Não entendi; o senhor pode repetir?

 - Quero uma passage para o Esbui!

 - Sinto muito, senhor, não temos passagem para o Esbui.

 Aborrecido, o caipira se afasta do guichê, se aproxima do amigo que o estava  aguardando e lamenta:

 - Olha, Esbui, o homem falou que prá ocê não tem passagem não!

 

A PESQUISADORA E O MINEIRIN

 Uma pesquisadora do IBGE bate à porta de um sitiozinho perdido no interior de  Minas.

 - Essa terra dá mandioca?

 - Não, senhora.

 - Dá batata?

 - Também não, senhora!

 - Dá feijão?

 - Nunca deu!

 - Arroz?

 - De jeito nenhum!

 - Milho?

 - Nem brincando!

 - Quer dizer que por aqui não adianta plantar nada?

 - Ah! ... Se plantar é diferente.

 

O MARIDAÇO

 

O marido liga para casa no meio da tarde:

- Oi, minha rainha! Como está o teu dia?

- Tudo ótimo.

- Que bom! E as crianças estão bem?

- Brincando sem parar, não se preocupe.

- Ótimo, perfeito! Elas já almoçaram? Se alimentaram bem?

- Sim! Comeram muito bem! Já fizeram o tema de casa e agora estão

brincando.

- Que bom! E me conta, minha linda, o que vai ter no jantar hoje?

- O seu prato preferido e já coloquei a cerveja na geladeira...

- Uau! *Bife à milanesa *e cerveja! Por isso que eu te adoro tanto!

- Bom...está tudo tranqüilo em casa, então?

- Fique tranqüilo que está tudo bem.

- Ah, mais uma coisinha: você promete que, hoje à noite, colocará aquele babydoll preto prá mim?

- Faço tudo para te agradar... e não vou esquecer o perfume que você mais gosta.

- Mesmo? Obrigado meu tesão! É por isso te amo tanto...

- Sei, sei...

- Daqui a pouco te vejo, tá meu amor?

- Vou ficar esperando ansiosa...

- Agora me chama a patroa aí, ta...



Escrito por Arquimedes às 23h26
[] [envie esta mensagem] []



04/12/2010

AVISOS PAROQUIANOS

 

Abaixo, alguns avisos fixados em murais de igrejas.

Todos eles reais, escritos com muito boa vontade, mas de péssima redação. Entendo que o bom samaritano queira fazer sua parte pela comunidade em que vive, Mas o Pároco deveria avaliar melhor seus Paroquianos para só então delegar a árdua missão de redigir avisos.

 

AVISOS AOS PAROQUIANOS

Para todos os que tenham filhos e não sabem, temos na paróquia uma área especial para crianças.

 

AVISOS AOS PAROQUIANOS

Quinta-feira que vem, às cinco da tarde, haverá uma reunião do grupo de mães. Todas as senhoras que desejem formar parte das mães, devem dirigir-se ao escritório do pároco.

 

AVISOS AOS PAROQUIANOS

Interessados em participar do grupo de planejamento familiar, entrem pela porta de trás.

 

AVISOS AOS PAROQUIANOS

Na sexta-feira às sete, os meninos do Oratório farão uma representação da obra 'Hamlet' de Shakespeare, no salão da igreja. Toda a comunidade está convidada para tomar parte nesta tragédia.

 

AVISOS AOS PAROQUIANOS

Prezadas senhoras, não esqueçam a próxima venda para beneficência. É uma boa ocasião para se livrar das coisas inúteis que há na sua casa. Tragam os seus maridos!

 

AVISOS AOS PAROQUIANOS

Assunto da catequese de hoje: 'Jesus caminha sobre as águas'

Assunto da catequese de amanhã: 'Em busca de Jesus'

 

AVISOS AOS PAROQUIANOS

O coro dos maiores de sessenta anos vai ser suspenso durante o verão, com o agradecimento de toda a paróquia.

 

AVISOS AOS PAROQUIANOS

O mês de novembro finalizará com uma missa cantada por todos os

defuntos da paróquia.

 

AVISOS AOS PAROQUIANOS

O torneio de basquete das paróquias vai continuar com o jogo da

próxima quarta-feira. Venham nos aplaudir, vamos tentar derrotar o

Cristo Rei!

 

AVISOS AOS PAROQUIANOS

O preço do curso sobre 'Oração e Jejum' inclui a comida.

 

AVISOS AOS PAROQUIANOS

Por favor, coloquem suas esmolas no envelope, junto com os defuntos que desejem que sejam lembrados.

 

AVISOS AOS PAROQUIANOS

Lembrem que na quinta-feira começará a catequese para meninos e

meninas de ambos os sexos.

 

A arte de negociar !

 

PAI - Escolhi uma ótima moça para você casar.

FILHO - Mas, pai, eu prefiro escolher a minha mulher.

PAI - Meu filho, ela é filha do Bill Gates...

FILHO - Bem, neste caso, eu aceito.

 

Então, o pai negociador vai encontrar o Bill Gates.

 

PAI - Bill, eu tenho o marido para a sua filha!

BILL GATES - Mas a minha filha é muito jovem para casar!

PAI - Mas este jovem é vice-presidente do Banco Mundial...

BILL GATES - Neste caso, tudo bem.

 

Finalmente, o pai negociador vai ao Presidente do Banco Mundial.

 

PAI - Sr. Presidente, eu tenho um jovem recomendado para ser vice-presidente do Banco Mundial.

PRES. BANCO MUNDIAL - Mas eu já tenho muitos vice-presidentes, mais do que o necessário.

PAI - Mas, Sr., este jovem é genro do Bill Gates.

PRES. BANCO MUNDIAL - Neste caso ele pode começar amanhã mesmo!

 

Moral da estória:     

 

Não existe negociação perdida...

Tudo depende da estratégia.

 

' Se um dia disserem que seu trabalho não é o de um profissional,

           lembre-se: a Arca de Noé foi construída por amadores;

                          profissionais construíram o Titanic...'

 



Escrito por Arquimedes às 23h25
[] [envie esta mensagem] []



[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]





Meu perfil
BRASIL, Sudeste, SAO BERNARDO DO CAMPO, RUDGE RAMOS, Homem, de 36 a 45 anos, Portuguese, English, Livros, Casa e jardim
Outro -



Histórico
Votação
Dê uma nota para meu blog


Outros sites
UOL - O melhor conteúdo